Morder-te o Coração

Espetáculo pinta as dores do feminino e do humano em um quadro vivo enquanto desafia as sensações e percepções do público

O que dói dentro de ti? O que te faz sangrar, mas não sai na pele e não pode ser sarado? O que te faz chorar por dentro, mas não sai pelos teus olhos? O que dói mais: a dor ou a impossibilidade de expressar ou gritar essa dor?

Tantos questionamentos movem o espetáculo “Morder-te o Coração”, uma co-produção do Grupo de Teatro da Universidade da Beira Interior, TeatrUBI, e a ASTA, com direção e criação de Rui Pires. A encenação é fruto de um processo criativo desenvolvido com base na escola do Teatro Pós-Dramático, do pesquisador alemão Hans-Thies Lehmann.

A metodologia explora a veia artística de cada ator de forma basicamente intuitiva, sem roteiro prévio ou uma organização de ideias e atos. Menos que o 1: a história começa a partir do zero, do nada, e vai se construindo com total experimentação e nenhuma certeza.

O resultado é um enredo contado de modo pouco convencional, que subverte e quebra regras tradicionais do cênico e desafia o olhar do público. Música, dança, palavras, silêncios, gestos pequenos, confusões, embaralhamento, mistérios: tudo se transforma e põe o público em uma sensação de desconforto. A audiência é desafiada a compreender o que vê usando aquilo que ela mesmo tem. A mensagem não é explícita e ao mesmo tempo é.

Convidamos você a se deixar levar por essas emoções e reflexões de um espetáculo que almeja, se não responder ao que provoca dor e sofrimento, ao menos busca ser um canal de escape para que essa dor se evoque.

Você e a dor, frente a frente, sem medo e preconceito, com temor e sem temor.

É isto e um pouco mais.

MORDER-TE O CORAÇÃO

ASSISTA AO ESPETÁCULO NA ÍNTEGRA AQUI

https://morderteocoracao.wixsite.com/teatrubi

CRIAÇÃO E DIREÇÃO: RUI PIRES

COCRIAÇÃO E INTERPRETAÇÃO: FAUSTO MUNIZ, TALITA KNIESS, WELLINGTON ADRIANO, RITA ANDRADE, MARINA SCHNEIDER

TEXTO: ÁLVARO DE CAMPOS, CHICO BUARQUE, EMMA MARRONE, PACO VENTURA, NINA SCHNEIDER, TALITA KNIESS, WELLINGTON ADRIANO

VOZ OFF: SERENA BERTINI

DESENHO DE LUZ: PEDRO FONSECA/COLECTIVO, AC

CARTAZ: RAQUEL AMBROSINI

EDIÇÃO SONORA: MÁRIO FONSECA

CENOGRAFIA: JOÃO CANTADOR

GUARDA-ROUPA/COPRODUÇÃO: TEATRUBI-ASTA

CLASSIFICAÇÃO: M/12

IDIOMA: PORTUGUÊS

DURAÇÃO: 45 M

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s